Filipinas – De campo de futebol a campo de hortaliças: a criatividade salesiana ao serviço dos pobres

No domingo 3 de janeiro, a obra salesiana “Don Bosco Tondo”, projeto de quinta urbana liderado pelo Pe. Gaudencio Carandang Jr, teve destaque na maioria dos principais meios de comunicação filipinos: Manila Bulletin, Manila Times, CNN Filipinas, GMA Network e Philippines Star. O motivo? A capacidade de resposta da casa salesiana, que nestes tempos de crise causada pela pandemia, transformou o campo de futebol do instituto em campo de cultivo de hortaliças que beneficia a população afetada.

A educação salesiana, desde o tempo do primeiro Oratório, deu sempre grande importância ao desporto e aos jogos. Mas o sentido salesiano do concreto, mencionado e elogiado publicamente também pelo Papa Francisco, sabe ler os sinais do tempo. Desta forma, as autoridades salesianas não hesitaram em transformar o campo de futebol que nos últimos 50 anos esteve sempre cheio de crianças e jovens, em um grande terreno cultivado.

A boa e surpreendente notícia é que no domingo 3 de janeiro, os habitantes de Tondo, um subúrbio de Manila, já puderam colher os vegetais que tinham plantado no âmbito do projeto “Buhay sa Gulay – Festival da Colheita”, conduzido pela Unidade Local do Governo de Manila, Departamento de Reforma Agrária e pela igreja paroquial de São João Bosco. Todo o processo, desde a preparação do solo, à plantação e colheita, foi conduzido por 17 barangays (pequenos bairros da cidade).

O projeto, que teve início em outubro do ano passado, constitui um excelente exemplo de colaboração e trabalho em rede: seis beneficiários da reforma agrária da Província de Cavite, conhecidos como “agricultores-cientistas”, ofereceram-se como voluntários para ensinar aos moradores-beneficiários de Tondo, a forma correta de cultivar vegetais em contexto de cultivo urbano. O Departamento de Agricultura de Cavite, por sua vez, ofereceu formação, sementes, fertilizantes, antiparasitários e outros materiais agrícolas. As máquinas utilizadas foram emprestadas pelo Departamento de Reforma Agrária, enquanto os Salesianos de Tondo disponibilizaram o seu terreno de jogos, com 8.000 metros quadrados, para a plantação de hortaliças em benefício das famílias e moradores dos 17 barangays presentes no território paroquial. O projeto contou ainda com concursos de culinária e de cultivo, além de uma lotaria com prémios.

Leia também  #FromMyCorner dinamiza Instagram da Pastoral Juvenil Salesiana

Nesta situação de pandemia, apenas 16% das famílias filipinas disseram que não se consideravam pobres e cerca de 7,6 milhões de filipinos afirmaram ter passado fome nos últimos três meses. Nesse contexto, esta pequena, mas significativa, “quinta urbana de Manila” está a tornar-se um modelo a seguir.

Artigos Relacionados