Filhas de Maria Auxiliadora reúnem-se em Capítulo Geral

A Roma estão a chegar Filhas de Maria Auxiliadora de todas as partes do mundo, para participar no XXIII Capítulo Geral do Instituto sobre o tema “Ser com os jovens casa que evangeliza”.

O CGXXIII pretende desde logo, ser uma experiência e uma oportunidade para a reflexão e invocação do Espírito para orientar o Instituto nos próximos anos.

Participam desta XXIII edição do Capítulo Geral do Instituto 194 Filhas de Maria Auxiliadora e que serão porta-voz do caminho carismático das 12959 FMA que operam em todo o mundo. Entre elas, 16 irmãs do Conselho Geral, 77 inspetoras, 5 superioras da Visitadoria, 92 delegadas e 4 enviadas.

No Capítulo, participam pela primeira vez 133 capitulares: 12 africanas, 33 asiáticas, 76 europeias e 73 americanas.

A primeira reunião entre as capitulares deu-se a 8 de setembro e foi dedicada à apresentação mútua, com a saudação da Madre Yvonne Reungoat. Em reunião de assembleia, coordenada pela Coordenadora do Capítulo, Irmã Chiara Cazzuola, foi entregue o material e foram fornecidas algumas informações para orientar o início do período capitular.

No dia 9 de setembro, as capitulares embarcaram para Mornese, para viver, de 10 a 17 do mesmo mês, a experiência dos Exercícios Espirituais, orientada por dom Thomas Menamparampil, SDB, arcebispo emérito de Guwahati, na Índia.

Na manhã do dia 17, elas irão a Turim para a Eucaristia de encerramento dos exercícios e, no período da tarde, visitarão a comunidade de Nizza Monferrato.

A abertura oficial do Capítulo Geral XXIII será no dia 22 de setembro e contará com a participação do Reitor-Mor dos Salesianos, P. Ángel Fernández Artime. O evento será transmitido ao vivo através da internet na secção “O Capítulo ao vivo” no site do Instituto. No mesmo link será possível acompanhar todo o evento capitular e participar de forma interativa.

Leia também  “Salesian Missions”: Juntos por milhões de crianças em todo o mundo

Atualmente, as Filhas de Maria Auxiliadora (Salesianas) estão presentes em 94 países: 516 nos 24 países da África-Madagáscar, 4.031 nos 23 países da América, 2.473 nos 21 países da Ásia, 5.890 nos 22 países da Europa e 49 nas 4 nações da Oceânia. Esses números ilustram a vitalidade e a expansão do Instituto.

Artigos Relacionados