fbpx

Aberta causa de Beatificação de D. Giuseppe Cognata, sdb

Salesianos > Notícias > Aberta causa de Beatificação de D. Giuseppe Cognata, sdb

O Papa Francisco autorizou a abertura do processo de beatificação de D. Giuseppe Cognata (1885-1972), sdb, Bispo de Bova e fundador das Salesianas Oblatas do Sagrado Coração.

A Congregação das Causas dos Santos comunicou a decisão, por carta enviada no dia 15 de abril de 2020 ao Postulador Geral dos Salesianos, Pe. Pierluigi Cameroni, sdb.

O Reitor-Mor, Pe. Ángel Fernández Artime, no comunicado enviado aos Salesianos no dia 18 de abril, agradece a “meditada” e “transparente” decisão do Papa, “que reintegra na sua plenitude os valores da verdade e da justiça”. O Superior dos Salesianos estende também o seu agradecimento em nome da Família Salesiana e das Salesianas Oblatas do Sagrado Coração ao Grupo de Juristas Católicos “pelo papel essencial e específico desempenhado e a todos os que, em vários momentos e formas, tornaram possível esse extraordinário evento”.

O Grupo de Juristas Católicos, composto pelos magistrados Giuseppe Viola, Franco Marra e Francesco La Valle e pelos docentes da Universidade Mediterrânea de Reggio Calabria Antonino Spadaro, Francesco Mangano e Attilio Gorassini, é responsável pelo trabalho de investigação documentado no pedido apresentado ao Papa Francisco.

Giuseppe Cognata emitiu a profissão perpétua em 1908 em San Gregorio di Catania, nas mãos do Beato Pe. Miguel Rua, então Reitor-Mor dos Salesianos. No ano seguinte foi ordenado sacerdote em Acireale.

Foi nomeado Bispo de Bova em 1933. A 8 de dezembro de 1933 fundou na Diocese de Bova, no sul da região da Calábria, as Irmãs Salesianas Oblatas do Sagrado Coração, Instituto Religioso Feminino de Direito Pontifício.

Em 1939 a Congregação do Santo Ofício condenou Dom Cognata à destituição da dignidade episcopal. Em 1962 D. Giuseppe Cognata foi reintegrado no Episcopado pelo Papa João XXIII. Participou nas segunda, terceira e quarta sessões do Concílio Vaticano II. A 6 de agosto foi nomeado Bispo titular de Farsalo.

Morre a 22 de julho de 1972 em Pellaro, na província de Reggio Calabria, sede inicial da atividade missionária das Salesianas Oblatas. Os seus restos mortais encontram-se na Casa Generalícia das Salesianas Oblatas do Sagrado Coração em Tivoli.

Artigos Relacionados