O encontro pessoal com Jesus: Diante d’Ele

Editorial do Boletim Salesiano n.º 583 de Novembro/Dezembro de 2020

“Apareceram uns homens que traziam um paralítico num catre e procuravam fazê-lo entrar e colocá-lo diante d’Ele. Não achando por onde introduzi-lo, devido à multidão, subiram ao teto e, através das telhas, desceram-no com a enxerga, para o meio, em frente de Jesus” (Lc 5, 18-19).

Refletindo sobre este episódio do Evangelho, alguém dizia que o catequista, o evangelizador, é como aqueles homens que, de forma solícita, misericordiosa e criativa, tudo fizeram para ajudar aquele seu amigo paralítico a encontrar-se com Jesus.

E não deixa de ser curioso este particular de São Lucas, insistindo: “diante d’Ele”, “em frente de Jesus”! Como que a dizer-nos que não basta ouvir falar de Jesus, saber muitas coisas sobre Ele, ter grande admiração pelo que fez e disse, participar em atividades e eventos baseados nos seus ensinamentos. É fundamental chegar ao encontro pessoal com Jesus, estar “diante d’Ele”, pois só nesse momento se experimenta quanto somos amados e queridos aos seus olhos, o que nos desperta e provoca conversão, cura, alegria, louvor, doação, ao sabor do seu Espírito! O que faz toda a diferença!

Diz o Papa Francisco: «Colocados diante d’Ele com o coração aberto, deixando que Ele nos olhe, reconhecemos aquele olhar de amor (…). Como é doce permanecer diante dum crucifixo ou de joelhos diante do Santíssimo Sacramento, e fazê-lo simplesmente para estar à frente dos seus olhos! Como nos faz bem deixar que Ele volte a tocar a nossa vida e nos envie para comunicar a sua vida nova! (…) A melhor motivação para se decidir a comunicar o Evangelho é contemplá-lo com amor, é deter-se nas suas páginas e lê-lo com o coração.» (EG 265)

Leia também  Freetown, Serra Leoa: "Augusta Ngombu-Gboli"

A missão evangelizadora parte deste encontro “em frente de Jesus”, e ali regressa no momento em que levamos outros a colocar-se “diante d’Ele”!

Um casal que prepara os noivos para casamento, na sua paróquia, dizia: “O que lhes podemos oferecer que ainda não têm é colocar Deus no centro do seu relacionamento, no coração da nova família!”. Com as JMJ 2023 já no horizonte, os Salesianos vão lançar, nestes dias, uma aplicação na internet, denominada ANIMA, destinada essencialmente aos jovens, com muitos recursos para rezar, refletir, meditar, louvar, etc… Será também uma boa oportunidade para esse encontro com Jesus!

Artigos Relacionados