fbpx

Boyle Heights, Los Angeles: Salesianos do México e da Colômbia colaboram com a Família Salesiana de Los Angeles

Salesianos > Notícias > Boyle Heights, Los Angeles: Salesianos do México e da Colômbia colaboram com a Família Salesiana de Los Angeles

Uma colaboração entre os Salesianos do México e da Colômbia com a Família Salesiana de Los Angeles, nos Estados Unidos, está a ajudar a melhorar o serviço do Centro Juvenil Salesiano de Boyle Heights, bairro pobre na zona este da cidade, cuja população é na sua maioria latina.

O Pe. Juan Carlos Quirarte, salesiano da Província do México-Guadalajara e especialista em associativismo juvenil, e James Areiza, educador e responsável por programas de Proteção à Infância na “Ciudad Don Bosco”, de Medellín, na Colômbia, visitaram o Centro. Durante uma semana analisaram novas ações para incrementar o bom trabalho feito no bairro frequentado, todos os anos, por mais de 1.900 crianças e jovens. O trabalho começou com um diagnóstico da realidade do Centro Juvenil, que analisou a equipa de animação, processos de trabalho e utentes. A análise evidenciou pontos fortes como a motivação da equipa, a boa estrutura organizacional, a boa colaboração com a igreja “Saint Mary”, além da excelente localização. O centro situa-se numa área onde estudam cerca de 13.000 crianças. O método de avaliação incluiu entrevistas com funcionários com diferentes níveis de responsabilidade e uma análise do plano estratégico 2018-2021.

No final deixaram algumas sugestões e ajudas práticas: melhoria na visibilidade do centro, formação salesiana contínua, motivação afetiva dos seus funcionários, melhoria dos processos e calendários de matrícula, permitindo inscrições ao longo do ano, e colaboração entre todas as presenças salesianas de Los Angeles.

A colaboração faz parte do projeto de reforço e revigoramento das obras sociais a nível regional, que conta com a adesão de 18 países. O Centro Juvenil da Família Salesiana de Los Angeles foi criado em 1966. Nas suas instalações de Boyle Heights e City Terrace funcionam atividades educacionais extra-curriculares e programas alternativos de baixo custo para milhares de jovens em risco e economicamente desfavorecidos, com idades entre os 6 e os 18 anos de idade.

Artigos Relacionados