Vaticano cria organismo consultivo para ouvir os jovens

Um membro do Movimento Juvenil Salesiano austríaco, Carina Baumgartner, integra o organismo.

Na Solenidade de Cristo, Rei do Universo, o Dicastério vaticano para os Leigos, a Família e a Vida anunciou com alegria a instituição do Organismo Consultivo Internacional dos Jovens.

Carina Baumgartner, 28 anos, membro do Movimento Juvenil Salesiano austríaco, integra o organismo agora criado composto por 20 jovens de diferentes regiões do mundo, nomeados para os próximos três anos.

A jovem representou a Áustria no MJS da Europa e do Médio Oriente. Dispõe de contactos em diversos países africanos, asiáticos e americanos. Fez parte do lançamento durante a Jornada Mundial da Juventude do Panamá da iniciativa Geração Laudato Si’, campanha que quer envolver os jovens no cuidado da casa comum. Nascida em Viena em 1991, Carina é Professora do Pré-Escolar, estudou Trabalho Social, e atualmente está a completar o Master como Mestre em Teatro. Há três anos trabalha como adida pedagógica no MJS, dos Salesianos. Levou a termo numerosas iniciativas de voluntariado, sempre orientadas para o cuidado de crianças e de adolescentes, e esteve com as Filhas de Maria Auxiliadora e a ONG VIDES como voluntária na Geórgia e na Etiópia.

O Organismo Consultivo Internacional dos Jovens, que trabalhará em estreito contacto com o Dicastério para as questões juvenis, terá o primeiro encontro oficial em abril de 2020.

Artigos Relacionados