Jamboree 2019: Cuidar da casa comum foi o tema do acampamento mundial de escuteiros

Agrupamento 79 dos Prazeres, Salesianos de Lisboa, também este presente. Mais de 40 mil jovens de 150 países, dos quais 800 de Portugal, participaram no 24.º Jamboree  entre dia 22 de julho e 2 de agosto, na Virgínia Ocidental, nos Estados Unidos da América.

De 4 em 4 anos realiza-se o Jamboree Mundial, Acampamento Mundial de Escuteiros que reúne jovens escuteiros de todo o mundo, com idades compreendidas entre os 14 e os 17 anos, numa grande festa de amizade, partilha e escutismo.

Este ano, a Federação Escutista Portuguesa, que reúne o CNE, a Associação de Escoteiros de Portugal e a Associação de Guias de Portugal, participou no 24.º Jamboree Mundial com o maior contingente português alguma vez inscrito. Entre os 800 participantes estavam incluídos 20 escuteiros do Agrupamento 79 Prazeres. O Agrupamento, que tem sede nos Salesianos de Lisboa, participou com 13 escuteiros, com idades entre os 14 e os 17, seis caminheiros e um dirigente, estes últimos todos maiores de 18 anos. A aventura destes 20 elementos começou há já quatro anos, após a chegada de quatro elementos que participaram no 23.º Jamboree Mundial, realizado no Japão. A experiência de 2015 no Japão foi tão intensa que era necessário dá-la a conhecer a outros.

Um Jamboree Mundial é muito mais do que um acampamento de escuteiros, é um encontro constante de amizade, de partilha e de conhecimento entre culturas de todo o mundo, sempre ligadas pelo ideal da Promessa Escutista, que nas palavras de BP se resume em “deixar o mundo um pouco melhor do que o encontrámos”.

O dia no campo BRAVO, o nosso campo, começava bem cedo, antes das 6 horas, pois o supermercado abria às 5 horas! O grupo escalado para as compras ia buscar o farnel para o pequeno-almoço e a “ração de combate” para o almoço e lanche. As atividades iniciavam-se às 8h00 e terminavam às 17h00, altura de regressar a campo para descansar, tomar banho e preparar o jantar.

Leia também  Escuteiros do Estoril com atividades à distância

Num Jamboree existem atividades para todos os gostos, desde do rappel, o slide, a escalada, a canoagem, as caminhadas e ateliers sobre mil e uma atividades e temáticas, até outras que só mesmo um Jamboree pode oferecer. O dia internacional da cultura, as tendas dos países participantes, o skate, o BTT, o arborismo, o stand up paddle, o tiro, as corridas de obstáculos terrestes e aquáticos, a visita à ilha de Brownsea, o rafting, o mergulho, etc. Até mesmo a experiência de viver numa aldeia de há 200 anos atrás.

É um sem fim de oportunidades para viver ao máximo a Promessa Escutista: tão depressa estamos a fazer canoagem com uma pessoa do Bangladesh, como a seguir conversamos com alguém de Itália, e fazemos a próxima atividade com alguém do Japão…!

E todos eles nos cumprimentam e se despedem com um sorriso no rosto, porque “o escuta é amigo e irmão de todos os outros escutas”.

O primeiro Jamboree realizou-se em 1920, em Inglaterra no Cristal Palace e foi nessa ocasião que todos os escuteiros presentes invocaram Lord Robert Stephenson Smith Baden-Powell of Gilwell como sendo o Chefe Mundial de todos os Escuteiros.

A participação de escuteiros portugueses neste tipo de atividades tem sido uma constante ao longo dos anos desde que o escutismo do Corpo Nacional de Escutas (CNE – Escutismo Católico Português) nasceu em Braga a 27 de maio de 1923 pelas mãos do Arcebispo D. Manuel Vieira de Matos e do Dr. Avelino Gonçalves.

Artigos Relacionados