Vida orante: Pelas vocações sacerdotais

Editorial do Boletim Salesiano n.º 593 de julho/agosto de 2022

Há dias participei num encontro, com outros salesianos, em Balasar (Póvoa de Varzim), terra da Beata Alexandrina da Costa, salesiana cooperadora. Lugar de intensa espiritualidade, perfumada de santidade.

Recordando com ternura as incríveis visitas que faziam em família à “santinha de Balasar”, dois dos meus irmãos salesianos narraram algo que me pareceu especial, e partilho convosco.

O Pe. José Augusto Fernandes lembra-se de uma dessas idas, era ele bem novinho, na qual a sua mãe, nos breves instantes que conseguiu estar junto da cama da Alexandrina, lhe pediu que alcançasse de Deus a graça de ter um filho padre. Ela respondeu-lhe: “Então peça e eu peço também!”.

Com o mesmo candor, o Pe. Manuel Mendes dizia que a ida a Balasar era uma prática anual na sua família. Não recordava, porém, se um tal pedido tivera lugar nessa ocasião. Mas contou, com graça, que a sua mãe, na reza diária do terço em família, acrescentava sempre mais uma dezena, o que o deixava a ele, ainda pequeno, enfadado devido a esse prolongamento… Mais tarde, na sua ordenação sacerdotal, a mãe confidenciou-lhe que essa dezena suplementar tivera sempre como intenção pedir a Deus um filho sacerdote!

Vejam só como era o coração sacerdotal destas mães, que rezavam pela vocação dos seus filhos! Preces insistentes, com mãos abertas para o dom, em humilde aceitação.

Pareceu-me interessante esta partilha para assinalar convosco as ordenações sacerdotais deste ano, motivo da nossa alegria. Os salesianos Gregório Correia e Rafael Bonaparte, naturais de Timor, vão confirmar o seu “sim” à vocação salesiana, com a ordenação sacerdotal no dia 2 de julho, em Mirandela. Por desejo deles, a ordenação será em Portugal como gesto de gratidão pela formação recebida na nossa Província e para darem oportunidade às pessoas que os acompanharam nestes anos, sobretudo em Poiares e Mirandela, de estarem presentes.

Leia também  Reunião conjunta de Coordenadores de Pastoral dos Salesianos e das Filhas de Maria Auxiliadora

E no Patriarcado de Lisboa, também temos a ordenação de dois antigos alunos, o Afonso e o Pedro Sousa, gémeos, que escolheram celebrar a sua Missa Nova precisamente na sua escola, os Salesianos de Manique, no dia 10 de julho. Um gesto significativo e que diz bem o reconhecimento que têm pela educação ali recebida e pelas vivências pastorais salesianas que também contribuíram para o afirmar da sua vocação. Alegremo-nos e rezemos por eles, para que o seu sacerdócio seja uma continua vida orante por nós e por muitos, como e com Jesus!

Torne-se assinante do Boletim Salesiano. Preencha o formulário neste site e receba gratuitamente o Boletim Salesiano em sua casa.

Faça o seu donativo. Siga as instruções disponíveis aqui.

Artigos Relacionados