Missão: Como Comunicar Cristo hoje

Editorial do Boletim Salesiano n.º 595 de novembro/dezembro de 2022

O tema da Jornada Missionária Salesiana deste ano é “Como comunicar Cristo hoje”, ou seja, como realizar o Primeiro Anúncio, também nos meios de comunicação do “pátio digital”.

Entendemos a importância desse anúncio? Dizia Bento XVI, em Aparecida, 2007: «A Igreja não faz proselitismo. Ela cresce muito mais por “atração”: como Cristo “atrai todos a si” com a força do seu amor, que culminou no sacrifício da Cruz, assim a Igreja cumpre a sua missão na medida em que, associada a Cristo, cumpre a sua obra conformando-se em espírito e concretamente com a caridade do seu Senhor».

Anunciar o Evangelho é propor um encontro determinante, motivado por um impulso de amor, e que corresponde ao desejo mais profundo e verdadeiro do ser humano. Pois “a Alegria do Evangelho enche o coração e a vida inteira daqueles que se encontram com Jesus. Quantos se deixam salvar por Ele são libertados do pecado, da tristeza, do vazio interior, do isolamento” (EG 1).

Serão estes alguns dos elementos da ação evangelizadora, numa primeira instância, tal como há dois mil anos?

– Jesus é o conteúdo anunciado: a sua história, a sua mensagem, a sua Pessoa.

– O agente é o Espírito Santo, do Qual se sentem claramente os efeitos: alegria verdadeira, fraternidade, perdão, iluminação, cura, etc.

– Quem anuncia fez experiência, fala do que vive e sente, narra o antes e o depois desse encontro, dá testemunho de uma conversão.

– Essa mudança de vida leva à vivência comunitária, gera comunhão e participação.

– O anúncio é feito por todos, muitas vezes evangelizadores “improváveis” e mais próximos da condição daqueles que recebem o anúncio.

Leia também  O essencial do nosso carisma: somos das crianças e jovens mais necessitados

– O que se diz de Deus, da fé cristã, “bate certo” com o que as pessoas vivem, suas preocupações, dúvidas, aspirações, valores; a linguagem e abordagem são entendidas, fazem sentido.

– A pessoa que recebe o anúncio sente-se livre de dizer o que sente e pensa, é respeitada e escutada – e assim abrem-se espaços de autodescoberta, de resposta livre e gradual.

– A preparação dos adultos, das famílias, há de acompanhar a pastoral juvenil – pessoas e ambientes evangelizados e evangelizadores.

E aceitar o desafio do Papa Francisco, com humildade: “Sonho com uma opção missionária capaz de transformar tudo, para que os costumes, os estilos, os horários, a linguagem e toda a estrutura eclesial se tornem um canal proporcionado mais à evangelização do mundo atual que à auto preservação” (EG 27).

Torne-se assinante do Boletim Salesiano. Preencha o formulário neste site e receba gratuitamente o Boletim Salesiano em sua casa.

Faça o seu donativo. Siga as instruções disponíveis aqui.

Artigos Relacionados