“Anima”, evangelizar através de uma aplicação

Editorial do Boletim Salesiano n.º 584 de janeiro/fevereiro de 2021

Já se encontra à nossa disposição, nos telemóveis, uma aplicação de nome “ANIMA”, lançada por nós no início deste novo ano litúrgico para servir de apoio à vivência espiritual dos cristãos, especialmente os mais jovens, e com variadas propostas de aproximação à mensagem do Evangelho e ao encontro de Jesus Cristo.

Em relação a outras propostas semelhantes e tão boas que já existem, tem a vantagem de agrupar numa mesma “app” 13 ofertas: as leituras da liturgia diária com um breve comentário; o breviário; textos de meditação; temas vocacionais; resposta a dúvidas; rumo à JMJ 2023; homilias; frases de santidade; comentários cristãos a temas da atualidade; canções com mensagem; estações de rádio; um vasto livro de orações; e ainda a ligação a eventos transmitidos em direto (momentos de oração e adoração, missa, terço, debates, entrevistas, concertos, etc…).

Não pretende ser o melhor que há, nem algo acabado. Pelo contrário, é um instrumento que irá sendo aperfeiçoado na relação com os seus utilizadores, acolhendo sugestões e apreciações, adequando-o sucessivamente às suas necessidades e expetativas.

É uma proposta de todos e para todos, da Igreja “em saída”. Uma oportunidade para nós e para os outros, pois evangelizar tem sempre este duplo resultado: santifica tanto quem a oferece como quem a acolhe, é a Vida que cresce na medida em que se comunica.

É unicamente com esse propósito, como Dom Bosco, para estar entre os jovens, que aceitamos o desafio de nos adentrar por aqui nesse “pátio digital”, com algum temor, mas motivados por “salvar almas”. Sentimo-nos a trilhar o caminho da nova evangelização, “nova no seu ardor, nos seus métodos e nas suas expressões” (Papa João Paulo II), como expressão do amor por Jesus Cristo e o anúncio do amor de Deus.

Leia também  Capítulo Geral 28: A Fachada da Basílica

“Evangelizar não é um programa, uma atitude de estratégia proselitista, é uma loucura de amor. Só o amor fará a Igreja não desistir de anunciar Jesus Cristo, em todos os tempos e circunstâncias e a abrirá às surpreendentes maravilhas que só o amor de Deus pode realizar. A ‘nova evangelização’ exige um grande movimento de espiritualidade.” (D. Manuel Clemente, Cardeal-Patriarca de Lisboa). Um grande obrigado, desde já, a todos os que farão este caminho connosco, utilizadores e colaboradores. Um obrigado aos Salesianos da Croácia por partilharem esta ideia connosco. E confiamos tudo a Nossa Senhora, a quem Bento XVI convidou a invocar como «Estrela da nova evangelização»!

Artigos Relacionados