Visita Extraordinária a Mogofores: O Inesperado de uma Visita esperada

A obra Salesiana de Mogofores recebeu o Pe. Gildásio Santos, em Visita Extraordinária à nossa Província Salesiana de Portugal, em representação do Reitor-Mor nos dias 22, 23 e 24 de abril.

Anunciada a sua chegada para as 8 horas do dia 22, pontualmente, a essa mesma hora, foi recebido pelo Diretor e restantes salesianos. E começou, de imediato, a Visita numa inesperada confraternização familiar ao pequeno almoço. Seguiu-se o “bom-dia” aos alunos, e a reunião da Comunidade. Disse ao que vinha e o que pretendia com a sua visita: estar com os irmãos, partilhar para conhecer e louvar a Deus pelo que aqui se fazia; dar alguma orientação necessária também na partilha das suas experiências vividas noutros espaços salesianos.

Trazia a saudação do Reitor-Mor e do seu Conselho Geral e também a sua paternal “inquietação” de fazer crescer na Congregação a beleza do Carisma salesiano no crescimento da santidade apostólica de cada irmão no serviço pastoral aos jovens mais pobres e marginalizados. Esta era a missão que trazia e que queria cumprir. E que bem que o fez!

Dotado de uma liberdade interior que transparecia em toda a sua pessoa, soube escutar, soube compreender as características da obra de Mogofores e também do ambiente em que ela está inserida e soube apontar, de forma muito simples e compreensiva, os caminhos melhores que ela poderia seguir para realizar os seus fins e projetos.

Dialogou com toda a Comunidade Educativa do Colégio e com os elementos da Família Salesiana e do Conselho pastoral da Paróquia.

Viveu no meio dos jovens estudantes e ganhou-lhes a simpatia. Alguns deles lastimaram a escassez do tempo, pois manifestaram o desejo de falar pessoalmente com o Pe. Gildásio e não o fizeram, porque o programa da Visita não o permitiu.

Foram dois dias e meio que proporcionaram aos elementos desta obra Salesiana de Mogofores um renovar mais e mais do Carisma salesiano, o desafio de maior dinamização em cada uma das suas vertentes: Colégio, Santuário e Paróquia e a certeza de que Nossa Senhora Auxiliadora vai orientar todos os novos caminhos que devemos seguir.

Leia também  CG28: o silencioso trabalho do discernimento

Artigos Relacionados