Vai surgir um novo Oratório Salesiano em Cabo Verde

Albergue de São Vicente vai renascer com Escola Salesiana e tornar-se num espaço educativo e formativo. Novo Oratório Salesiano vai surgir em Cabo Verde.

A história do Albergue de São Vicente, na Ribeirinha, está em vias de ser reescrita através de um projeto da Escola Salesiana do Mindelo, que quer transformar este património num oratório com valências educativas, formativas e humanas.

Esta “boa nova não se trata de uma miragem”, disse à reportagem da Inforpress o diretor da Escola Salesiana de Artes e Ofícios do Mindelo (ESAO), Pe. Luís Peralta, que pretende dar “nova vida” ao centenário Albergue Municipal de Ribeirinha, que neste momento se encontra em ruínas.

“A Escola Salesiana tem como objetivo principal a criação de um oratório naquele local. Será um espaço, formalmente, educativo e onde os jovens, as crianças e as famílias poderão ter um local de encontro, um espaço formativo em várias áreas face às suas necessidades”, revelou o Pe. Luís Peralta. Novo Oratório Salesiano em Cabo Verde pretende trazer uma “resposta social e educativa para beneficiar a ilha de São Vicente, especialmente a zona da Ribeirinha”, a segunda mais populosa da ilha de São Vicente, cuja rua principal tem o nome de Avenida dos Salesianos.

“Queremos dar uma resposta aos jovens e às crianças com várias valências na área da formação profissional, do desporto, da música, dos jogos, da formação humana porque aquele espaço é muito grande e dá para fazer muitas coisas”, explicou o responsável, que idealiza “um lugar onde os jovens possam sentir-se em casa, possam dialogar e serem atendidos”.

Com estas ideias iniciais em cima da mesa, Luís Peralta disse que “está à espera do processo mais burocrático”, que é a “concretização da cedência do Albergue por parte do Estado Cabo-verdiano e da planta de localização daquela área com todos os limites estabelecidos para avançar com o projeto de arquitectura”. “Evidentemente vamos manter a linha e o traço arquitetónico, porque é um edifício simples, mas muito bonito. Há que ver como estão os alicerces, mas mesmo que tudo seja reconstruído, a ideia é manter o modelo que está no exterior”, garantiu o padre. Estando com a documentação em mãos, segundo o director da Escola Salesiana de Artes e Ofícios do Mindelo, a responsabilidade da construção do oratório será toda da instituição. Mas, avançou, para tal, contam com a parceria de benfeitores no internacionais que costumam apoiar as instituições salesianas.

Leia também  Conselheiro do Reitor-Mor visita presenças salesianas de Portugal e Cabo Verde

De acordo com a obra “Linhas Gerais da História do Desenvolvimento Urbano da Cidade do Mindelo” o Albergue Municipal foi criado em 1905 e durante os primeiros 15 anos funcionou em dois pavilhões no Lazareto. Em 1926 foi aprovado um projeto para a construção do Albergue na zona da Ribeirinha, cujas obras de construção decorreram entre 1928 e 1930, sendo batizado como Albergue Municipal de Ribeirinha. O espaço, que servia para cuidar de crianças e idosos, era uma iniciativa da Provedoria da Assistência Pública.

Fonte: Inforpress – Agência Cabo-verdiana de Notícias

Artigos Relacionados