fbpx

Salesianos do Porto com aulas à distância, “online” e “offline”

Salesianos > Notícias > Salesianos do Porto com aulas à distância, “online” e “offline”

Com o encerramento das escolas decretado pelo Governo Português no dia 16 de março, as instituições tiveram pouco tempo para se adaptar ao ensino à distância. Os últimos dias de aulas do 2.º período nos Salesianos do Porto decorreram com o acompanhamento dos professores. Na interrupção letiva da Páscoa, em articulação com a Equipa Educativa da Fundação Salesianos, a Escola pôde preparar um plano para aulas à distância e para o estudo individual para o 3.º período do ano letivo.

O quotidiano da escola salesiana, mesmo à distância, inclui os “Bons-dias”, todas as manhãs, com o Diretor de Turma ou com o Professor titular da turma. Às quartas-feiras, os Salesianos mantém a tradição do “Bom-dia” conjunto do 1.º e do 2.º Ciclos, com o convite a todos os alunos e pais a participar através de videoconferência.

Depois, seguem-se as aulas. Às 9 horas começam as primeiras sessões da manhã assíncronas, isto é, através da plataforma “Google Classroom” os alunos autonomamente acedem a um Plano de Aula com um conjunto de atividades didáticas subjacentes ao conteúdo que está a ser lecionado. Dependendo da carga horária do aluno, podem ser três a quatro aulas assíncronas com a duração de 15 minutos cada. 

De seguida, os alunos, no tempo de trabalho individual, realizam as tarefas solicitadas pelos professores, aprofundam os seus conhecimentos mediante as leituras aconselhadas, e estudam os conteúdos em questão, relacionando-os com conteúdos anteriormente lecionados. “O tempo individual é um tempo de estudo, de concentração e de apropriação de saberes”, explica o Diretor Pedagógico, Professor Marco Silva.

Aos alunos é ainda sugerido que consultem os conteúdos disponibilizados pelo #EstudoEmCasa relativos às disciplinas em questão.

A partir das 11h30 seguem-se as sessões síncronas através da plataforma de videoconferência “Zoom”. As sessões têm a duração de 40 minutos que são geridos de uma forma flexível, de acordo com a dinâmica que o professor quer trabalhar. “O professor pode optar por 40 minutos de aula, dividir a turma para um apoio personalizado de 20 minutos mais 20 minutos, trabalhar com grupos de desempenho específicos com duração personalizada, ou simplesmente usar este tempo para esclarecer dúvidas dos alunos”, esclarece o Diretor Pedagógico. 

“Os critérios que presidiram à elaboração deste horário tiveram em consideração que os pais também estão em teletrabalho em muitos casos, e sem recursos tecnológicos para todos”. A Direção dos Salesianos do Porto procura também assim seguir as recomendações da Organização Mundial de Saúde em relação ao tempo de ecrã aconselhado para crianças e jovens.

As crianças do Ensino Pré-escolar, cerca de 50 entre os 3 e os 5 anos de idade, também estão a ter acompanhamento das Educadoras, com alguns momentos de contacto e com a partilha de tarefas para fazerem em casa.

O aproveitamento dos mais de 370 alunos da escola salesiana do Porto está a ser monitorizado pelos professores, que avaliam se o trabalho dos alunos está a ser rigoroso, responsável e cumprido na sua totalidade. “É conveniente aferir se as indicações dos professores estão a ser cumpridas, se os alunos estão a utilizar o tempo individual para realizar as tarefas propostas e estudar, e sublinho o verbo, estudar”, conclui o professor.

Artigos Relacionados