França, Poisy: “Diário de exílio, a viagem de Khairollah”

A fuga de um jovem afegão para a Europa.

Movidos pela história do jovem refugiado afegão Khairollah, um grupo de alunos do Instituto de Ciências Ambientais e do Território de Annecy (ISETA), França, – instituto associado à Rede Dom Bosco – escreveu um livro. “Diário de exílio, a viagem de Khairollah” narra a fuga do jovem colega afegão para a Europa e é o resultado do trabalho conjunto realizado durante dois anos e meio por Khairollah, a turma e a professora.

Khairollah fica órfão aos 10 anos de idade e sabe que não tem futuro no Afeganistão, um país devastado pela guerra, violência e pela droga. Khairollah pertence a uma minoria étnica, Hazara,  oprimida. Decide deixar a sua cidade, Helmand, a sul da capital Cabul, no verão de 2009. Nos quatro anos seguintes atravessa o Irão, a Turquia, a Grécia e a Itália. Por fim chega a França, a Annecy, em julho de 2013. A viagem é marcada por contínuos retrocessos, sempre à mercê de traficantes de seres humanos, gananciosos, desonestos e violentos. Arrisca a vida numa viagem de carro, “enlatado” com outros migrantes, em caminhos perigosos nas margens de precipícios; conhece a sede, a fome, as noites geladas; é perseguido pela polícia turca e grega; é detido em prisões nas piores condições.

Chega a França sem saber uma única palavra de francês e procura ajuda. Quando conhece Charbanou, médico franco-iraniano, e alguns outros adultos, a sua sorte muda e é-lhe dada a possibilidade de estudar.

Um professor pede então a Khairollah que faça um relato do seu passado à turma. A sua história comove os colegas, que durante meses gravam as entrevistas de Khairollah, desenham as rotas da viagem, ouvem escritores, jornalistas e o próprio médico Dr. Charbanou, que os ajudam a libertar-se de vários preconceitos. Os colegas sentem o desejo de fazer algo mais e sensibilizar outros.

Leia também  República Centro-Africana, Bairro de Damala, Bangui: Primeiro-Ministro visitou Liceu Dom Bosco

“Diário de exílio, a viagem de Khairollah” foi editado pelo ISETA e as vendas revertem a favor de Khairollah, que sonha com a possibilidade de trazer para França o seu irmão mais novo, que teve que deixar no Afeganistão ao cuidado de vizinhos por ser ainda demasiado novo para fazer a viagem.

Don Bosco Aujourd’hui, Fotografia: Karl Joseph

Publicado no Boletim Salesiano n.º 570 de Setembro/Outubro de 2018

Artigos Relacionados