Família Salesiana em peregrinação a Fátima

Centenas de elementos da Família Salesiana e do Movimento Juvenil Salesiano de todo o País estiveram em Fátima durante o fim de semana para o seu encontro anual no Santuário mariano.

Nos dias 20 e 21 maio, a Família Salesiana fez a sua peregrinação anual ao Santuário de Nossa Senhora do Rosário, em Fátima. No ano em que a Igreja, em particular em Portugal, centra a sua atenção na realização da Jornada Mundial da Juventude em Lisboa no mês de agosto, a Família Salesiana escolheu como tema da sua peregrinação “Com Maria partimos apressadamente”.

Esta foi a 71.ª peregrinação nacional salesiana ao Santuário e, como habitual, contou com a presença do Provincial dos Salesianos de Dom Bosco, Pe. José Aníbal Mendonça, da Provincial das Filhas de Maria Auxiliadora, Ir. Rosa Cândida Gomes, e dos Delegados da Família Salesiana.

O programa de dois dias começou com a Saudação a Nossa Senhora na Capelinha das Aparições, a que se seguiu o encontro no Salão do Bom Pastor.

Os responsáveis dos vários grupos da Família Salesiana fizeram a avaliação da atividade do ano.

O coordenador nacional da Associação dos Salesianos Cooperadores, Valter Silva, apresentou em vídeo os objetivos de consolidação e de dinamização do grupo, propostos no programa do triénio 2022-2025 da associação.

Rui Vieira, presidente nacional da Associação de Devotos de Maria Auxiliadora, lembrou a importância da formação dos grupos a partir dos recursos disponíveis no portal da associação, e pediu aos membros presentes colaboração na divulgação do IX Congresso Internacional de Maria Auxiliadora. O Congresso, promovido pela Associação de Maria Auxiliadora de quatro em quatro anos, trará, em agosto do próximo ano, a Fátima centenas de devotos de Maria Auxiliadora de todo o mundo.

Leia também  Liga-te ao Evangelho: E-vangelizar 2018 no Porto a 5 de outubro e no Estoril a 13 de outubro

O presidente nacional da Federação de Antigos Alunos de Dom Bosco, Celso Nogueira, recordou que a gratidão é o elemento que une os antigos alunos. E sublinhou quatro aspetos a reforçar nos centros locais, conforme as indicações dadas pela Confederação Mundial, a sinodalidade, a espiritualidade, a missão e a solidariedade, em que assentam o espírito partilhado pelos vários grupos.

O Pe. Joaquim Taveira fez a apresentação das Voluntárias de Dom Bosco, instituto que tem cerca de 1200 membros em todo o mundo e 10 em Portugal.

João Fialho, coordenador da WYD DON BOSCO 23, apresentou a participação dos Salesianos na Jornada Mundial da Juventude e convidou a Família Salesiana a participar nessa missão, nomeadamente através do voluntariado, do acolhimento de peregrinos ou do apoio logístico ou monetário.

No final do encontro, o Delegado Nacional da Família Salesiana agradeceu a presença de todos, “sinal de que a família Salesiana está a crescer”. Agradeceu também o apoio dado pelo Provincial à Família Salesiana durante o seu mandato e desejou sucesso ao Pe. Artur Pereira, nomeado próximo Delegado da Família Salesiana. Por fim desabafou: “Aprendi muito de vós. Aprendi a conhecer melhor Dom Bosco. Obrigado”.

Durante a tarde, a Família Salesiana assistiu à festa do Movimento Juvenil Salesiano, de que daremos conta na próxima newsletter.

O Provincial presidiu à Eucaristia da Festa da Ascensão, na Basílica da Santíssima Trindade, pelas 18 horas. A Família Salesiana e os jovens do MJS prepararam as preces da oração dos fiéis. O Coro de Bicesse, dirigido por Celeste Lago, animadora e catequista do centro de Bicesse, animou a Eucaristia.

Durante a homilia, o Provincial dirigiu palavras de agradecimento aos salesianos que terminam este ano os mandatos de Diretores e de Delegados Provinciais, referindo em especial os Delegados da Família Salesiana e da Pastoral Juvenil presentes.

Leia também  Encontro da Família Salesiana em Mogofores

Ao final do dia os peregrinos participaram no momento do terço e da procissão das velas do recinto do Santuário.

No Domingo, depois da recitação do Rosário na Capelinha das Aparições, os peregrinos participaram na Eucaristia presidida pelo Bispo Auxiliar de Lisboa D. Joaquim Mendes, concelebrada por D. Américo Aguiar, Bispo Auxiliar de Lisboa e presidente da Fundação JMJ Lisboa 2023, e pelo Pe. João Chagas, responsável pelo setor da Juventude no Dicastério para os Leigos, Família e Vida, da Santa Sé.

D. Joaquim Mendes, durante a homilia, recordou o significado da Solenidade da Ascensão do Senhor. “Jesus parte para o Pai, mas não se ausenta”, sublinhou. “Ele permanece vivo, presente e ativo nas vicissitudes da história humana com o poder e com os dons do Seu Espírito; está ao lado de cada um de nós, mesmo sem o vermos com os olhos da carne; acompanha-nos, guia-nos, toma-nos pela mão e ergue-nos”.

No final pediu a todos que rezem pela Jornada Mundial da Juventude, para que seja “para a Igreja e para o mundo um sinal eficaz da Esperança”.

Artigos Relacionados