fbpx

Espanha: Jornadas de Comunicação refletem sobre o papel do comunicador salesiano

Salesianos > Notícias > Espanha: Jornadas de Comunicação refletem sobre o papel do comunicador salesiano

6.ª edição juntou comunicadores salesianos de Espanha e de Portugal na sede da Província Salesiana de Santiago Maior em Madrid.

Várias dezenas de comunicadores, vindos de várias obras e casas salesianas de Espanha e Portugal, reuniram-se no dia 25 de fevereiro para refletir sobre o papel dos comunicadores salesianos na 6.ª edição das Jornadas de Comunicação Salesiana, que teve como tema “O Comunicador Salesiano: construir pontes em tempos de individualismos”.

Depois do acolhimento e da introdução feita pelo Pe. Javier Valente, delegado de comunicação dos Salesianos de Espanha, coube ao Pe. José María Rodríguez Olaizola falar sobre “Construir pontes na comunicação: o papel do comunicador cristão”.

Jesuíta, sociólogo e escritor, José María Rodríguez Olaizola é conhecido pelo seu trabalho em prol da igualdade e inclusão no seio da Igreja Católica e é atualmente um dos católicos com maior projeção nas redes sociais em Espanha.

Defensor do “uso da Comunicação e da Pastoral para construir pontes e construir “um mundo melhor a partir do Evangelho”, o jesuíta, reconhecendo que não há uma forma única de fazer as coisas, convidou os presentes a ver a Comunicação de um ponto de vista mais amplo, que deve estar presente em todos os campos de ação da Igreja.

Analisando o mosaico dos vários tipos de presença cristã nas Redes Sociais, destacou que a comunicação cristã começa, primeiro que tudo, por uma atitude cristã e que, como comunicadores católicos, devemos procurar “comunicar em terra de todos” sem tomar posições extremadas, com uma atitude pastoral e de acolhimento. O Pe. José María Olaizola apresentou ainda o que, na sua opinião, são as principais características e perigos da cultura contemporânea que se amplificam na comunicação online: Imediatez, mudança constante nos hábitos e tecnologias, falta de profundidade, emotividade (e polémicas que se geram), analfabetismo digital, a visibilidade e a multiplicidade de vozes.

Na terceira parte da sua intervenção, o sacerdote jesuíta respondeu ainda a três perguntas sobre a presença da Igreja nos meios de comunicação: Como estar? Porque estar? A quem queremos chegar? Um momento muito interessante de partilha de ideias e sugestões concretas para todos os presentes. Ao terminar, deixou três ideias concretas que resumiram a sua apresentação: construir comunidades, estar ao serviço da Palavra, e integrar todos.

Além desta intervenção, os participantes puderam participar em dois workshops práticos, dedicados ao Instagram e aos podcasts, que ocuparam a totalidade da tarde.

As Jornadas de Comunicação Salesiana, que vão já na sua 6.ª edição, são organizadas pela Delegação de Comunicação dos Salesianos de Espanha e são, além de um encontro de formação e reflexão, um momento de partilha de boas práticas entre comunicadores salesianos. De Portugal estiveram representadas as equipas de comunicação da Fundação Salesianos/Sede Provincial e das Edições Salesianas.

Artigos Relacionados