Salesianos acolhem vítimas das cheias

Timor-Leste: Salesianos acolhem vítimas das cheias

Uma inundação repentina causada por chuvas torrenciais em redor da capital de Díli, Timor-Leste, bem como algumas ilhas próximas na Indonésia Oriental, incluindo a ilha das Flores e a parte ocidental da ilha de Timor, Indonésia, nas primeiras horas da manhã, entre as 3 e as 5 da manhã, do Domingo de Páscoa. Até à data, há mais de 160 vítimas de deslizamentos de terras e casas enterradas sob lama, quilómetros de estradas destruídas, e milhares de pessoas deslocadas. Em Díli, a água dos rios sobe até 2 a 4 metros acima do nível normal.

Embora a precipitação principal tenha parado na segunda-feira 5 de abril, o nível da água ainda era elevado. As operações de salvamento continuam a procurar desaparecidos e a restaurar as estradas e as ruas da área afetada.

Os Salesianos de Dom Bosco da Visitadoria de Santo Callisto Caravario, com sede em Díli-Comoro, um dos centros desta catástrofe natural, estão agora a acolher no seu complexo Comoro Dom Bosco cerca de 3.000 pessoas que fugiram das suas casas devido a esta calamidade. Foram distribuídos alguns cobertores, alimentos e medicamentos básicos. Também o Arcebispo de Díli, D. Virgílio da Silva, sdb, esteve presente com as suas palavras de consolo aos refugiados das cheias.

Ao mesmo tempo, toda a Família Salesiana – através das comunidades das Filhas de Maria Auxiliadora que também estão presentes em Comoro, os Salesianos Cooperadores, os membros da Associação de Maria Auxiliadora e dos Antigos Alunos de Dom Bosco – estendeu as suas mãos às vítimas das cheias.

Atualmente, a Visitadoria de Timor-Leste tem 11 comunidades canónicas, três das quais localizadas precisamente na capital do distrito de Díli-Comoro, com a paróquia de Maria Auxiliadora, Centro Técnico Dom Bosco, um centro TVET, com um grande oratório e uma comunidade pós-noviciado com o Centro de Estudos de Filosofia. Além disso, a casa provincial está situada em Díli-Comoro.

Leia também  Encontro com Dom Bosco – Especial Páscoa

Por outro lado, os Salesianos de Dom Bosco ainda não estão presentes nas províncias da Indonésia Oriental afetadas pelas cheias repentinas, especialmente na Ilha das Flores. A única presença é a comunidade de Dom Bosco de Sumba, aparentemente sem grandes danos. “Rezemos pelo povo de Timor-Leste e da Indonésia Oriental e mostremos a nossa solidariedade”, dizem os Salesianos.

Artigos Relacionados