Salesianos Serra Leoa

Serra Leoa, Centro Juvenil Don Bosco em Freetown: fábrica que salva vidas com um sorriso

Milhares de menores percorrem diariamente as ruas de Freetown, a capital da Serra Leoa. Não vão à escola porque são órfãos ou foram expulsos ou fugiram de casa e sobrevivem agrupando-se em bandos. Em muitos casos vêm de famílias numerosas onde não havia comida ou espaço suficiente para todos, e se são raparigas ou mulheres jovens, os perigos para elas duplicam… O coronavírus, neste último ano, aumentou ainda mais os problemas para estas crianças, que durante o encerramento não tinham onde se esconder.

Contudo, o Centro Juvenil “Don Bosco” da paróquia de Dwarzak em Freetown tornou-se uma grande família para elas, onde podem brincar, aprender, receber comida e, ao mesmo tempo, lançar as bases para um futuro digno.

O Pe. Sergej Goman é um missionário salesiano da Bielorrússia. Com pouco mais de quarenta anos, passou a maior parte da sua vida religiosa na África Ocidental. Na Serra Leoa, dedicou-se às crianças de rua, órfãs do Ébola. Durante a pandemia também colaborou em vários projetos com a obra Don Bosco Fambul. Durante três anos foi responsável pelo Centro Juvenil em Dwarzak e tornou-se pai de dezenas de menores abandonados ou problemáticos.

O centro salesiano oferece aos jovens um espaço recreativo e desportivo, onde recebem apoio escolar, uma refeição e acompanhamento pessoal e espiritual num ambiente seguro e saudável, onde a alegria e o riso são os protagonistas. Os salesianos promovem uma atitude de serviço nas crianças, adolescentes e jovens, ajudando-os a tornarem-se cidadãos honestos e pessoas boas e dedicadas.

Todos os dias cerca de 50 a 100 rapazes e raparigas entre os 7 e 18 anos participam nas atividades recreativas, educacionais e espirituais do Centro Juvenil. Cinquenta jovens recebem assistência alimentar três vezes por semana e 80 crianças recebem assistência educacional e espiritual no Centro Juvenil, seis dias por semana. Estas atividades promovem um ambiente cheio de valores e esperança, onde os jovens se sentem seguros e livres.

Leia também  Benim: As obras salesianas Foyer Don Bosco protegem menores do trabalho infantil

Outras atividades são o ténis de mesa, filmes educativos, atuações e questionários, a banda de música, cursos de música … O Centro Juvenil organiza também programação desportiva seis dias por semana com treino de futebol e basquetebol, jogos amigáveis em Lungi e Freetown, e corridas de campeonato; oferece também espaços de formação e de encontro para animadores e educadores.

Num país de enormes contradições – tem uma população entre as mais jovens do mundo, mas também uma das mais baixas esperanças de vida; não há falta de recursos, mas a pobreza é muito elevada – os Salesianos ajudam a educar jovens conscientes na alegria e serenidade dos seus direitos e das suas possibilidades, para que possam escrever páginas brilhantes na história da Serra Leoa.

Artigos Relacionados