Saúde Digital: Salesianos promovem série de encontros sobre educação dos jovens para o uso responsável da tecnologia

O impacto do uso da tecnologia e das redes sociais na saúde de crianças, jovens e adultos é um tema que tem vindo a ser estudado por especialistas em todo o mundo. Os Salesianos vão promover um curso de formação de três sessões sobre “saúde digital”.

A “saúde digital” afeta muitos aspetos da vida e das relações atuais: na escola, nos ambientes educativos e de lazer, e na família, envolvendo o uso seguro, responsável e saudável da tecnologia. Reconhecendo a extrema importância do tema, os Sectores da Pastoral Juvenil e da Comunicação Social da Congregação Salesiana decidiram promover um curso de formação de três sessões para abordar o tema da saúde digital de adolescentes e jovens.

Durante o mês de fevereiro, os salesianos vão promover três sessões sobre o tema com professor e escritor Guillermo Cánovas, Diretor do Observatório para a promoção do uso saudável das tecnologias (EducaLIKE) e do programa “Safer Internet” do Centro Infantil da Comissão Europeia em Espanha (2002-2014). As palestras vão decorrer nos dias 16, 20 e 24 de fevereiro, com horário fixo entre as 12 e as 14 horas (hora de Lisboa) na plataforma “Zoom”, e incluem uma palestra central seguida de uma sessão de perguntas. Serão ministradas em espanhol e contarão com tradução simultânea em italiano, inglês, francês e português.

O primeiro módulo abordará os comportamentos problemáticos praticados por crianças e adolescentes, bem como os fatores de risco a serem identificados a fim de poder intervir preventivamente. Tema do segundo encontro serão as redes sociais, com especial atenção às questões de privacidade, segurança e reputação digital. A última sessão abordará o stress digital, a partir da “conectividade constante” e as suas consequências nas crianças e adolescentes, e nos seus relacionamentos e desempenho.

Leia também  Salesianos na Polónia ajudam Ucrânia

O curso destina-se principalmente a educadores, animadores e salesianos que atuam em todos os setores da Pastoral Juvenil Salesiana, escolas e centros de formação profissional, oratórios-centros juvenis, paróquias, obras sociais, universidades, e a responsáveis provinciais da Comunicação Social.

O objetivo da formação é ajudar os educadores a identificar e gerir as situações que geram conflitos nos ambientes digitais; ajudá-los a prevenir o desenvolvimento de vícios digitais, stress digital e falta de privacidade; dotá-los dos conhecimentos necessários para identificar cada um dos problemas; e também oferecer orientações práticas para lidar com cada situação.

Artigos Relacionados