fbpx

Salesianos na luta contra o tráfico de crianças e jovens

Salesianos > Notícias > Salesianos na luta contra o tráfico de crianças e jovens

No Senegal, na Gâmbia e na Guiné-Bissau, três países onde a preocupação com os fluxos migratórios de crianças e jovens é muito preocupante, a Organização Não-Governamental (ONG) salesiana “Voluntariado Internacional para o Desenvolvimento” (VIS) e a Procuradoria Missionária Salesiana “Missões Dom Bosco” de Turim estão a promover um projeto de emergência destinado a crianças e jovens. Terá a duração de 15 meses e destina-se a potenciais migrantes, àqueles que regressaram e aos menores não acompanhados.

A VIS, com os parceiros “COOPI Cooperazione Internazionale” e a ONG “Mani Tese”, implementará o projeto “Investindo no futuro” direcionado à proteção, à formação e ao emprego. A estratégia é trabalhar nos três países na melhoria das condições de vida nesses territórios, que são os corredores migratórios principais que levam ao Mali, à Mauritânia e, dali, para as rotas dos traficantes, pelo norte de África até Espanha e Itália. Trata-se de regiões atingidas por insegurança alimentar, elevada exposição às mudanças climáticas, e índices de pobreza alarmantes, que têm provocado enormes fluxos de migração, como também notável perda de força-trabalho. O projeto irá concentrar-se em três áreas de ação principais: formação, assistência e informação. Bolsas de estudo, bolsas de trabalho, “kits” básicos para a criação de microempresas em setores estratégicos, apoio psicossocial de migrantes de retorno vulneráveis e criança e reintegração na comunidade, informação sobre os riscos da migração irregular e sobre as alternativas à migração, existentes nos territórios de origem.

Publicado no Boletim Salesiano n.º 580 de Maio/Junho de 2020

Artigos Relacionados