Salesianos de Setúbal: Bênção da nova comunidade e posse da Paróquia de S. José

Após praticamente dois anos de vida em “casa emprestada”, no dia 24 de setembro, a nova sede da comunidade de Setúbal teve a bênção dos novos ambientes no sexto andar da Praceta Luís Sá.

Esta nova comunidade, ereta canonicamente em junho passado, é uma presença salesiana de cinco irmãos que o Senhor convocou a esta missão eclesial, salesiana e juvenil, em Setúbal.

Na tarde do dia 24 de setembro, após a celebração da Eucaristia na Paróquia, o Provincial, Pe. José Aníbal Mendonça, deu posse ao novo Diretor, Pe. Tarcízio Morais, abençoando, também, os novos espaços da comunidade. Os espaços foram cuidados, na medida do possível, para poder acolher uma comunidade de consagrados.

A capela marca o centro da casa como espaço de encontro com o Senhor. Divididos entre dois apartamentos, num está a cozinha, o refeitório, a capela e dois quartos; no outro, a sala de comunidade, a lavandaria e três outros quartos. Para todos, é uma aprendizagem viver num sexto andar, em dois apartamentos.

“Marcados por esta novidade, somos convocados para testemunhar e anunciar com a nossa vida, o carisma salesiano nesta cidade, neste território, com a graça da unidade que o Senhor nos dá de vivermos ação e contemplação”, escreveu numa mensagem o novo diretor. “Encontrar, escutar e discernir. Sair, procurar, responder. Ser. Ser com. Ser para. A messe é ampla. O campo do sonho é imenso. Há muito para conhecer, amar, viver. Muito para convocar, animar, acompanhar. Sejamos nós capazes de ser significativos e inovadores. Um “nós” que é sempre comunitário e sinal do amor de Deus aos jovens, num “levanta-te e testemunha” que assumimos como dom e tarefa. Que possamos, a cada dia, e, em cada momento, falar de Jesus, contar aos outros que Ele nos dá forças para viver, que é bom conversar com Ele, que nos faz bem meditar nas suas palavras (Cfr. Papa Francisco, ChV 176)”, continuou.

Leia também  Primeira Profissão Religiosa de Ricardo Mendes

Párocos in solidum na Paróquia de S. José

A atual missão da comunidade centra-se na Paróquia de S. José. Uma paróquia com um território urbano extenso, com forte densidade populacional, popular, que gera um espaço de oportunidades para a implementação do carisma salesiano em contexto.

“Somos uma paróquia e tudo o que o Senhor nos inspirar ao serviço dos jovens e dos que mais precisam de nós. Procuramos nos jovens que encontrarmos a ‘sarça ardente de amor’ que temos de descobrir como ‘terra sagrada’ onde nos descalçarmos para contemplar e viver, fazendo Evangelho aqui e agora. Eles serão também a nossa bússola que nos ajudarão a perceber os sinais de Deus nos sinais dos tempos que são sempre para nós os seus problemas, ansias, ideais, projetos e realizações”.

Neste território de periferia abunda a presença de jovens e crianças e está marcado por significativas bolsas de pobreza e de exclusão social a necessitar uma ação educativa e pastoral capaz de integrar, fazer crescer e ajudar crianças e jovens e suas famílias.

O contexto é salesianamente rico, as estruturas são exíguas, mas o sonho faz nascer projetos. A missão ajuda à criatividade e à esperança. “Estamos sempre à espera que um qualquer ‘Pancrácio Soave’ nos venha dizer que tem um espaço bom para desenvolver o nosso ‘laboratório’” – diz o Pe. Tarcízio. “Esta nossa missão em Setúbal faz-nos regressar à frescura das origens de Valdocco. Não temos estruturas, não temos espaços, temos as pessoas à espera que alguém venha ter com elas e inicie o Oratório, lugar de encontro e de vida, aberto, inclusivo e motivador, para estas crianças, adolescentes e jovens. Esse dia chegará!”

Pastoral Juvenil e Pastoral do Ensino Superior

A par da ação na Paróquia, foi confiado aos Salesianos de Setúbal um trabalho específico no Departamento de Pastoral Juvenil na Diocese, na pessoa do Pe. Álvaro Lago, e o acompanhamento da Pastoral do Ensino Superior do Instituto Politécnico de Setúbal. Estas duas tarefas abrem também horizontes para um encontro com os jovens da Diocese e aos universitários, num desafio que motiva também à missão salesiana em setores específicos da missão eclesial. A preparação da Jornada Mundial da Juventude de 2023 e a evangelização dos jovens nos seus diferentes contextos, motivam a comunidade a um serviço permanente de presença entre os jovens da cidade para além da paróquia de S. José.

Leia também  Mogofores: 80 anos de presença salesiana

Artigos Relacionados