Nomeação do novo Provincial de Portugal e Cabo Verde

O Reitor-Mor dos Salesianos, Pe. Ángel Fernández Artime, nomeou o Pe. Tarcízio António de Castro Morais como o próximo Provincial dos Salesianos de Portugal e Cabo Verde.

Atual diretor da obra salesiana de Setúbal, o Pe Tarcízio Morais sucede, no cargo, ao Pe. José Aníbal Mendonça. A confirmação chegou no dia 11 de janeiro de Turim, e prevê-se que a tomada de posse ocorra no verão de 2023.

O Pe. Tarcízio Morais nasceu no dia 30 de maio de 1972 em Winnipeg (Canadá), onde os pais, João Alberto Morais e Maria de Fátima Castro Morais, eram emigrantes. Professou pela primeira vez na Congregação Salesiana no dia 8 de setembro de 1990, em Vilarinho (Vila do Conde). No período de formação inicial esteve em Manique, frequentando Filosofia na Universidade Católica Portuguesa de Lisboa, fez o tirocínio em Évora e o curso teológico em Madrid. A profissão perpétua foi em 1996 e a ordenação sacerdotal a 17 de abril de 1999, em Bragança, sede da diocese de origem da sua família. Em 2003 concluiu a Licenciatura em Ciências da Educação, na Universidade Pontifícia Salesiana (em Roma) e a especialização em Pedagogia para a Escola e a Formação Profissional, em 2005. Fez também o Mestrado em Administração Escolar, no ISCTE (Lisboa).

Ao longo dos anos, exerceu diversas tarefas ao serviço da Província Portuguesa da Sociedade Salesiana, nomeadamente, de animação pastoral, como diretor de ciclo e coordenador da pastoral em Évora; formador e vigário do diretor na casa do Pré-Noviciado, no Porto; diretor pedagógico, vigário do diretor e diretor no Estoril, sucessivamente; diretor e pároco em Setúbal. Foi coordenador do sector “Escolas” e responsável do “Centro de Formação Salesianos”, conselheiro provincial e delegado provincial ao Capítulo Geral 27.

Leia também  Luz de Belém traz mensagem de Paz, Amor e Esperança

De 2017 a 2021, integrou a equipa do Conselheiro Geral para a Pastoral Juvenil, na Sede Central Salesiana (Roma) como responsável mundial das Escolas Salesianas e coordenador dos Delegados de Pastoral Juvenil da Europa.

Artigos Relacionados