Jornadas de Espiritualidade da Família Salesiana dedicadas à missão dos leigos

De 12 a 15 de janeiro, a casa-mãe da Congregação Salesiana, em Valdocco, Turim, recebeu a 41.ª edição das Jornadas de Espiritualidade da Família Salesiana. A Família Salesiana participou em grande número no encontro de apresentação e reflexão sobre o Lema do Reitor-Mor para 2023.

Cerca de 300 membros dos diversos grupos da Família Salesiana acompanharam o programa dos quatro dias, dedicado a aprofundar a importância da participação dos leigos, na missão salesiana, a partir do Lema do Reitor-Mor para este ano: “Como fermento na família humana de hoje – A dimensão laical na Família de Dom Bosco”. O programa incluiu vários momentos presididos pelo Reitor-Mor, Pe. Ángel Fernández Artime, com a participação de membros do Conselho Geral, e a intervenção de leigos da Família Salesiana.

De destacar a intervenção de abertura do Pe. Leonardo Mancini, Provincial da Circunscrição Especial do Piemonte – Vale d’Aosta, que sublinhou a importância de sermos fermento salesiano na Igreja e na Congregação, a partir dos diferentes grupos da Família Salesiana. Este fermento é único e particular, porque é inspirado pelo Espírito Santo, para ser colocado no coração de cada jovem. É um fermento a ser semeado pelo mundo, para podermos colher árvores frutuosas nos desertos das cidades e nas periferias existenciais de cada jovem e de cada pessoa com quem nos cruzamos no nosso dia a dia.

Reitor-Mor preside à Eucaristia na Basílica de Maria Auxiliadora

Ao longo dos vários dias, os participantes, divididos em grupos linguísticos, refletiram sobre o Lema, e sobre as propostas a apresentar à assembleia, para valorizar a dimensão laical da Família Salesiana. Ser fermento na família humana é o desafio de cada membro da Família Salesiana. O nosso fundador, São João Bosco, esteve sempre empenhado com o bem de todos os jovens, vivia para Deus, e procurava realçar tudo aquilo que fosse riqueza da humanidade. A verdadeira consagração a Deus, pressupõe o serviço aos jovens. O leigo também é um consagrado, graças ao Batismo recebido. Portanto, religiosos e leigos, todos são chamados a viver para Deus e a servir os jovens. É preciso reacender a chama vocacional de cada um, para aumentar cada vez mais o nosso compromisso com a construção do Reino de Deus.

Leia também  Tunísia: Oratórios juntos em Manouba

Da Província Portuguesa, participaram no encontro os salesianos Pe. António Marcelino e Fabrício Souza, Valter Silva, Coordenador Nacional da Associação dos Salesianos Cooperadores, Dario Gonçalves, professor dos Salesianos do Funchal e Salesiano Cooperador, e Nuno Quaresma, da Equipa de Comunicação da Fundação Salesianos. A convite da organização, no final do primeiro dia, houve um momento para apresentação dos dois cartazes do Lema, deste ano, pelos seus autores Nuno Quaresma e o espanhol Agustín de la Torre, com moderação do Reitor-Mor.

Na sessão conclusiva das Jornadas, no dia 15 de janeiro, foi apresentado o próximo grande evento da Família Salesiana de todo o mundo, o 9.º Congresso de Maria Auxiliadora, que terá como tema «Dar-te-ei a Mestra». Fátima vai acolher o Congresso Internacional de Maria Auxiliadora em 2024, de 29 de agosto a 1 de setembro. O Pe. António Marcelino, da equipa responsável pela organização do congresso, fez apresentação do vídeo promocional e do site www.mariaauxiliadora2024.pt, onde estão disponíveis várias informações sobre o evento.  

Artigos Relacionados