Dalai Lama elogia livro sobre missionários do salesiano Pe. George Thirumalachalil

O Dalai Lama, líder espiritual dos budistas tibetanos, elogiou livro do salesiano Pe. George Thirumalachalil sobre a história da Igreja Católica no Nepal, no Tibete e em alguns estados da Índia.

“Sua Santidade estava muito interessado em aprender sobre a história dos missionários no Tibete, suas viagens e as experiências perigosas que viveram ao cruzar esses territórios”, disse o secretário do Dalai Lama, Chhime R. Chhoekyapa, em e-mail endereçado ao Pe. Tomy Augustine, Diretor do Colégio Salesiano de Sonada, em Bengala Ocidental.

O livro, intitulado “The Cross on the Roof” (“A Cruz no Teto”), relata brevemente a história da Igreja Católica no Tibete e no Nepal e foi publicado pelo Instituto Salesiano de Sonada, em colaboração com a presença salesiana em Kathmandu, Nepal. Em particular, narra as expedições missionárias do século XVIII e a experiência de levar o Evangelho ao Tibete, centro tradicional do budismo, e ao Nepal, único reino hindu no mundo.

No Nepal foram abertas quatro estações missionárias, conduzidas pelos Franciscanos Capuchinhos, que lá permaneceram de 1715 a 1769.

Os salesianos iniciaram sua missão no Nepal muitos anos depois, em 1992. Contam hoje com 21 religiosos, de cinco Províncias indianas, e sete presenças. Os salesianos decidiram contribuir e difundir a literatura cristã no país. Por este motivo, o livro do Pe. George Thirumalachalil foi enviado ao Dalai Lama, que sempre se interessou pela história cristã.

De facto, como explica o secretário, o atual Dalai Lama visitou os locais simbólicos da atividade missionária cristã nessas regiões, como a cidade natal de Francesco Orazio della Penna (1680-1745), pioneiro missionário capuchinho no Tibete. Em 2005, por ocasião de uma exposição sobre a história dos missionários no Tibete, visitou também Rimini, na Itália, para visitar o mosteiro dos Capuchinhos.

Leia também  Índia: Projeto CALLS ajuda mais necessitados de Yercaud contra a COVID-19

O atual Dalai Lama também lembrou que as relações entre budistas e cristãos têm raízes antigas e recordou o contacto próximo de um de seus predecessores, o Dalai Lama VII (1708-1757), com o Papa Clemente XII (1652-1740). Por fim, o Secretário Chhime recordou a sua visita ao Instituto Salesiano de Sonada nos anos 1970, quando era aluno da “St Joseph’s School”, em North Point, Darjeeling

Artigos Relacionados