Conversão e esperança no Retiro Quaresmal da Família Salesiana

Domingo, 21 de março. A Família Salesiana, de todos os ramos existentes na nossa Província, fez o seu retiro quaresmal.

As limitações já conhecidas levaram-nos a socorrer-nos das plataformas digitais para o realizar. Cerca de 150 pessoas abriram a plataforma “Zoom” às 15 horas e a alegria deste encontro original leu-se no rosto e nas palavras de todos. Foi muito bom encontrarmo-nos, mesmo que fosse desta maneira.

O programa do retiro era pequeno: apenas três números. Depois da saudação inicial do Provincial, Pe. José Aníbal Mendonça, seguiu-se a Oração de Abertura, substanciosa de contudo, de constante convite à reflexão e ao louvor. Muito bonita! Seguiu-se a conferência desenvolvida pelo Delegado Nacional para a Família Salesiana sob o tema “Ter Esperança é acreditar na Misericórdia”. Na linha do Lema deste ano do Reitor-Mor, o tema abordava a exigência de acreditar verdadeiramente na Infinita Misericórdia para que a Esperança cristã impulsione cada um a “fazer novas todas as coisas” e a confiar que a sua peregrinação humana tem como destino e meta o Coração de Deus que nos criou e nos espera de braços abertos.

O terceiro e último ponto foi a Via-sacra. Tinha como tema de fundo as dores e sofrimentos desta pandemia que nos assola. Cada passo era rezado por dois elementos diferentes da Família Salesiana, acompanhado de imagens, a propósito, muito sugestivas. Foram quase três horas de retiro intenso e bastante profundo. Ficámos contentes e gratos a quem nos proporcionou esta oportunidade tão bonita. Nas palavras finais, houve uma exortação a continuar, com mais empenho, a nossa caminhada para a Páscoa, servindo-nos das ofertas litúrgicas de cada Paróquia, sobretudo na Semana Santa.

Que a Misericórdia nos conceda o dom de uma renovada conversão e que a Esperança nos faça viver em plenitude a Páscoa de Jesus.

Leia também  Paróquia de S. João Bosco em Mirandela vive uma Quaresma especial

Artigos Relacionados