fbpx
Salesianos > Dossiers > Esta é a minha casa > Funchal, por Catarina Sousa

A minha casa salesiana, a Casa Salesiana do Funchal, foi onde cresci, aprendi e vivo momentos felizes da minha vida, sempre rodeada pelas pessoas mais bondosas.

Destas pessoas tocou-me, em especial, a presença assídua e o acompanhamento do Padre Álvaro Lago, que nunca abandonou o “barco”. Agradecemos a sua disponibilidade nos longos anos em que esteve na nossa casa. Este ano, contamos com a orientação e apoio do Padre David Teixeira e do Padre José Jorge.

Em 2006, tiveram início as primeiras atividades do Movimento Juvenil Salesiano, destinadas aos alunos do 2º ciclo, durante o intervalo do almoço, a decorrer semanalmente. Mais tarde, em 2007, alterou-se o momento dos encontros, passando a ser aos sábados, das 14h às 18h: a intenção foi chegar a mais destinatários.

O MJS compreende os seguintes grupos: os Boskitos, dos 6 aos 9 anos; os ADS, dos 10 aos 12 anos – o grupo inicial do MJS; o Clube Bosco, dos 13 aos 15 anos; e o grupo dos pré-animadores e animadores, a partir dos 16 anos. A constituição destes pequenos grupos, permite a realização de atividades lúdicas e educativas adaptadas à sua idade.

Iniciamos o nosso encontro com uma dinâmica de acolhimento com todos os membros do Movimento. Segue-se a atividade em cada grupo que tem como mote um tema relacionado com o tema pastoral. Ocorre, depois, a catequese. E concluímos com a eucaristia vespertina.

Para além do encontro semanal, realizámos o passeio do 1.º período, acampamento regional e participámos no acampamento nacional. Para minimizar os custos das famílias, apostamos na angariação de fundos com a realização de jantares, venda de bolos, rifas, entre outras iniciativas.

Atualmente, contamos com uma equipa de 40 pré-animadores e animadores, alguns deles ausentes da região por motivos profissionais e estudo e com 60 pré-adolescentes e adolescentes, aproximadamente.

O nosso sonho é continuar o de Dom Bosco: que os nossos ‘miúdos’ sejam “honestos cidadãos e bons cristãos” e, assim, verdadeiramente felizes.

Artigos Relacionados