fbpx

S. Callisto Caravario

S. Callisto Caravario

Santo

Callisto nasceu em Canavesse (Itália) em 1903 de uma família operária, que se transferiu para Turim quando Callisto tinha apenas cinco anos.

Biografia

Desde muito cedo Callisto foi atraído pelo ideal do sacerdócio, que amadureceu no ambiente salesiano de Turim. A 19 de setembro de 1919 pronunciou os votos religiosos na congregação de Dom Bosco. Em 1922 conheceu D. Luís Versiglia, de passagem por Turim, ao qual revelou: “Hei de segui-lo na China”. Em outubro de 1924, de facto, com a idade de 21 anos, o clérigo Caravario partiu como missionário para 

a China. Por três anos esteve em Shangai (1924-27) e por dois anos na ilha de Timor (1917 e 1929) como assistente e catequista dos rapazes órfãos e abandonados. Entretanto estudava teologia. Durante os estudos teológicos (1925-29) o ideal do sacerdócio preencheu a sua alma. As 82 cartas escritas nesse período à mãe testemunham esse desejo. No período de Timor, à sede de santidade juntou-se o desejo ardente de sacrificar a vida pela salvação das almas e o pressentimento do martírio. 

A 18 de maio de 1929 Callisto foi ordenado sacerdote por D. Luís Versiglia. Depois de sete meses de trabalho apostólico em Lin-Chow (julho de 1929 – janeiro de 1930), o padre Caravario foi a Shiu-Chow, para acompanhar o Bispo D. Versiglia, que devia deslocar-se em visita pastoral. Foram martirizados no 25 de fevereiro de 1930. O Papa Paulo VI declarou D. Luís Versiglia e o Pe. Callisto Caravario mártires; João Paulo II a 15 de maio de 1983 beatificou-os e a 1 de outubro de 2000 proclamou-os santos.

Datas

  • BEATIFICADO A 15 DE MAIO DE 1983 POR JOÃO PAULO II
  • CANONIZADO A 1 DE OUTUBRO DE 2000 POR JOÃO PAULO II