Complementar à missão: Confiança no potencial dos jovens

O convite para participar no CG28 foi-me feito pelo Pe. Juvelan Samia, sdb. Com toda a honestidade, não sabia o que era o capítulo geral, mas submeti o meu currículo ao nosso provincial. Após dois, três meses recebi a notícia de que seria um dos delegados dos jovens no Capítulo Geral 28.

São João Bosco e os Salesianos tiveram realmente um grande impacto na minha vida, e posso dizer com confiança que uma grande parte do que sou é devido à sua orientação e formação. Era um sonho meu visitar e rezar nos lugares santos de Dom Bosco. Nunca pensei que seria capaz de realizar este sonho tão cedo.

Ao participar no CG28, quisemos estabelecer que o nosso diálogo com os Salesianos é como um filho a expressar os seus pensamentos e sentimentos a um pai ou a uma mãe. Aos Salesianos expressámos que, primeiro, os nossos queridos Pais e Irmãos Salesianos não podem dar formação aos jovens se eles próprios não conhecerem as “realidades” dos jovens. Segundo, que é doloroso para nós ver um pai/irmão salesiano confinado ao trabalho administrativo. Por último, que os jovens não são uma parte separada da missão, mas que a juventude é complementar à missão. Ou seja, que para fazer programas/formações relevantes e eficazes para os jovens é vital que os jovens façam parte deste processo. Sentimos que fomos genuinamente ouvidos. Não só nos garantiram as suas orações, como nos garantiram que as nossas ideias vão ser consideradas cuidadosamente na definição e formação dos “Salesianos de hoje”.

Participar no Capítulo Geral 28 e visitar os lugares santos de Dom Bosco foi uma das maiores bênçãos que alguma vez recebi.

Leia também  “A escola não é ‘aulário’”

Nesses dias pensei como ele realizou a sua missão salvadora assente na sua fé nas capacidades e no potencial dos jovens. Para nós jovens, foi uma experiência que levaremos sempre connosco para onde quer que vamos.

Andre Launio

Nasceu em Manila, nas Filipinas, há 22 anos. A sua ligação aos salesianos começou em 2010 no Don Bosco Tecnhical College em Mandaluyong. Na Universidade de S. Tomás, universidade dominicana onde se licenciou, foi presidente da “Bosconian Thomasian Youth Movement” entre 2018 e 2020. É membro do MJS da Província das Filipinas do Norte e da Associação de Antigos Alunos.

Publicado no Boletim Salesiano n.º 588 de Setembro/Outubro de 2021

Torne-se assinante do Boletim Salesiano. Preencha o formulário neste site e receba gratuitamente o Boletim Salesiano em sua casa.

Faça o seu donativo. Siga as instruções disponíveis aqui.

Artigos Relacionados