fbpx

O milagre do bem a multiplicar-se

Salesianos > Estamos contigo > Partilha > O milagre do bem a multiplicar-se

Em maio, celebram-se datas muito importantes para a Família, como o Dia da Mãe, o Dia Internacional da Família e o Dia dos Irmãos. No Serviço de Atenção à Família de Lisboa estas datas viveram-se de forma especial, com a partilha de conteúdos sobre temas importantes para vivências familiares positivas e gratificantes.

Para além destas importantes datas, cada dia do mês de maio no SolSal dos Salesianos de Lisboa foi vivido de intensamente e torna-se difícil espelhar em palavras tudo o que foi sentido. Na verdade se, num primeiro momento, poderíamos recear que o distanciamento físico poderia comprometer a proximidade afetuosa e relacional com as famílias, num segundo momento, tivemos a garantia que esta não seria, de forma alguma, abalada. Acreditamos que a mão de Maria nos sustenta a todos no mesmo coração e que, mais do que nunca, vivemos ao ritmo da partilha, da bondade, da entreajuda, da atenção, do amor!

Em maio, o número de pedidos de ajuda continuou no mesmo ritmo de aumento exponencial. Todos os minutos são importantes para dar resposta a estes pedidos da forma mais célere possível. Todos os minutos são importantes para que nenhum apoio tarde a chegar a nenhuma criança ou jovem. Esta intervenção traduziu-se no aumento de cabazes distribuídos e de refeições doadas diariamente. Ao longo do mês, foram doados mais de 100 cabazes e entregues mais de 100 refeições diariamente!

Como tem sido possível apoiar tantas e tantas famílias de forma verdadeiramente significativa? Na verdade, o bem continua a multiplicar-se ao mesmo ritmo das necessidades. De forma surpreendente, e tantas vezes inesperada, chegam-nos doações de particulares que se apercebem do nosso trabalho e querem ajudar. Também de forma surpreendente, as instituições que nos apoiavam aumentaram as doações que nos faziam regularmente. Em cada dia, nada falta e tudo acrescenta. Vivemos o milagre do bem a multiplicar-se.

Os contactos constantes com as crianças, com os jovens e com as famílias permitiram identificar novas necessidades prementes. Com o início do terceiro período escolar, infelizmente muitas das crianças e dos jovens que acompanhamos viviam angustiados por não terem computadores para acompanhar o ensino à distância.  A par, os olhares dos pais refletiam tristeza perante a impossibilidade de os adquirirem. Mais uma vez, também o milagre aconteceu. Uma empresa doou-nos quinze portáteis que foram emprestados a crianças e a jovens que deles necessitam.

No mês de maio, pela primeira vez, encerramos os Encontros para a Promoção da Família e os Programas de Promoção de Competências para Crianças e Jovens, de forma virtual. Foi uma edição diferente que, sabemos, não substitui a alegria dos encontros de cada semana, mas que a todos trouxe também muitas aprendizagens e novas formas de partilha e de interação.

Maio, ainda, marcou o regresso dos atendimentos presenciais. Começámos no dia 18 pelas situações mais urgentes e estamos já a realizar todos os atendimentos individuais nesta modalidade: acompanhamentos psicológicos, aconselhamentos parentais e atendimentos sociais. Contudo, percebemos que nada será como antes. Os atendimentos à distância foram também facilitadores da comunicação e da resposta imediata às necessidades de cada criança, jovem, pai ou mãe. E esta comunicação ainda mais fluída, rápida e simples é um dos bons frutos destes tempos de mudança!

Levamos de maio, o sentimento de uma verdadeira Primavera a acontecer e a profunda gratidão pela proteção que, sabemos, São João Bosco continua a conceder às crianças e aos jovens que mais precisam.

Próximos eventos

  1. Verão MJS 2020

    20 Julho - 24 Julho

Artigos Relacionados