Antigo Aluno foi eleito presidente da Câmara de Turim e dedica vitória a salesiano

O Antigo Aluno Salesiano, Stefano Lo Russo, foi eleito presidente da Câmara de Turim nas eleições locais em Itália que decorreram em outubro, e dedicou vitória a sacerdote salesiano.

O novo presidente da Câmara de Turim agradeceu ao Pe. Aldo Rabino e aos salesianos a marca que deixaram na sua vida. “Dedico esta vitória a uma pessoa que para mim foi um mestre, um pai, um guia: o Pe. Aldo Rabino. Gostaria que estivesse aqui, mas tenho a certeza que nos está a observar de lá de cima”. Estas foram as primeiras palavras Stefano Lo Russo, eleito presidente da Câmara da capital piemontesa na segunda volta das eleições. Geólogo, 46 anos de idade, o “Primeiro Cidadão de Turim” quis apresentar aos cidadãos a sua formação salesiana, que desempenhou um papel decisivo na sua vida e na sua carreira política.

Stefano Lo Russo, que antes de ser eleito era professor catedrático da Escola Politécnica de Turim e conselheiro municipal desde 2006, percorreu o mundo académico partindo das escolas técnicas. A sua família, de recursos modestos, escolheu para ele a formação técnica para que, caso os gastos com a escola fossem incomportáveis, o próprio pudesse ajudar, começando a trabalhar.

E foi justamente quando o jovem Stefano estava prestes a obter o diploma de especialista pela Escola Técnica Salesiana que o salesiano Pe. Rabino o introduziu no mundo do voluntariado, incluindo-o na “Operação Mato Grosso”, na América Latina.

Alguns anos depois, o próprio Pe. Rabino disse-lhe: “Porque não entra na política?” Não é de surpreender que, no blog em que se apresenta, Stefano Lo Russo afirme: “A paixão pela política e o compromisso com a minha comunidade nasceram, sem dúvida, naqueles anos”.

O vínculo com o Pe. Rabino – falecido em 2015, que Lo Russo definiu como seu guia espiritual – também se consolidou através do desporto, uma vez que ambos eram apaixonados por futebol. A amizade venceu até a rivalidade desportiva: o novo presidente da Câmara torce pela Juventus e o salesiano era apaixonado pelo Torino Calcio, tendo sido capelão daquele clube durante mais de quarenta anos.

Leia também  Paquistão: Iniciado o Processo Diocesano de Canonização de Akash Bashir

Na cidade de Dom Bosco, o “Primeiro Cidadão” é, agora, fruto da educação salesiana.

Artigos Relacionados