B. Miguel Rua

B. Miguel Rua

Beato

Miguel Rua nasceu em Turim, a 9 de junho de 1837. É o último de nove filhos, perdeu o seu pai, que trabalhava no arsenal, com oito anos. Estudou na Escola Cristã até ao terceiro grau elementar. Foi nos bancos da escola que se deu o encontro com Dom Bosco.

Biografia

Uma vez que a terceira era a última classe obrigatória, quando Dom Bosco questionou Miguel sobre o que ele iria fazer no ano seguinte, Miguel respondeu que, por ser órfão, na fábrica já tinham prometido à sua mãe dar-lhe emprego. Para Dom Bosco, que também tinha perdido o seu pai muito cedo, convencer a mãe de Miguel Rua a deixá-lo continuar a estudar foi fácil, assim, Miguel entrou como interno em Valdocco, onde já estavam outros 500 rapazes.

No dia 3 de outubro de 1852, Miguel recebeu o santo hábito clerical nos Becchi de Castelnuovo.

A 26 de janeiro de 1854, Dom Bosco reuniu quatro jovens no seu quarto e deu assim início à Congregação Salesiana. A 25 de março de 1855, no quarto de Dom Bosco, Miguel professou, nas mãos do fundador, os votos de pobreza, castidade e obediência.

Foi o primeiro salesiano. Começou a trabalhar: ensinava matemática e religião; auxiliava no refeitório, no pátio, na capela; à noite copia os escritos, cartas e publicações de Dom Bosco, e estudava para se tornar sacerdote. Tinha apenas 17 anos. Ficou também responsável pela direção do oratório festivo San Luigi.

Em novembro de 1856 morre mãe Margarida. Miguel apoia-se na sua mãe, Gioanna Maria Ferrero, que já ajudava nas lides domésticas do Oratório de S. Francisco de Sales. Mais uma vez a família Rua completa a família Bosco.

Em 1858, Miguel Rua acompanhou Dom Bosco na visita ao Papa Pio IX para aprovar as Regras. No regresso é-lhe confiada a direção do primeiro oratório de Valdocco.

A 28 de julho de 1860, Miguel Rua foi ordenado sacerdote. Dom Bosco escreveu-lhe um bilhete: «Tu verás melhor que eu a obra salesiana atravessar as fronteiras de Itália e a estabelecer-se no mundo». Dom Rua abre a primeira casa salesiana fora de Turim em Mirabello. Poucos anos mais tarde regressa a Valdocco, substitui e assiste Dom Bosco em tudo. Em novembro de 1884, o Papa Leão XIII nomeia Dom Rua Vigário e sucessor de Dom Bosco, que morrerá nos seus braços quatro anos mais tarde.

Dom Rua, que era considerado a regra viva, mostra-se um pai amoroso como Dom Bosco. Enfrenta e supera inúmeras dificuldades no governo da Congregação. Consolida a missão e o espírito salesiano.

Morreu a 6 de abril de 1910, aos 73 anos.

Com ele a Sociedade passou de 773 a quatro mil salesianos, de 57 a 345 casas, de seis a 64 inspetorias em 33 países.

Paulo VI beatificou-o dizendo: «Fez da fonte um rio».

Datas

  • Nasceu a 9 de junho de 1837
  • Faleceu a 6 de abril de 1910
  • Beatificado a 29 de outubro de 1972
  • A sua memória é celebrada a 29 de outubro