Espanha: ONG “Solidaridad Don Bosco”, 25 anos a trabalhar por um mundo mais justo e solidário

A “Solidaridad Don Bosco” nasceu, promovida pelos Salesianos, como delegação em Espanha da “Associação Dom Bosco”, de Kara, no Togo, criada há 25 anos com e para os garotos da rua e os jovens do mercado togoleses.

São já muitos os anos passados e as histórias vividas. Muitas também as pessoas que passaram pela organização: voluntários, sócios, salesianos, colaboradores, professores, alunos, pessoal técnico, parceiros locais. Alguns partilharam um pedaço de caminho, outros trabalharam desde o início, todos contribuíram para tornar a Associação aquilo que é hoje. Histórias de homens e mulheres que sabem que a solidariedade não é só uma questão de dinheiro e que empenhar-se por um mundo mais justo exige optar por um determinado estilo de vida: em síntese, um modo de viver e de estar no mundo. Histórias de homens e mulheres que compreenderam que “a África não é um país”, que a melhor maneira de se fazer voluntariado é a realidade de todos os dias e que para lutar contra as injustiças é preciso mobilizar, unir pessoas e organizações; exigir medidas políticas que erradiquem pobrezas e desigualdades.

A “Solidaridad Don Bosco” é uma Organização Não Governamental para o Desenvolvimento feita por mulheres e homens que vivem convencidos de que um mundo mais justo e solidário é possível: possível e necessário.

Hoje a “Solidaridad Don Bosco” tem programas de cooperação internacional em 15 países da América, África e Ásia que vão desde a ajuda às obras salesianas locais, ao investimento em infraestruturas ou à melhoria de espaços já existentes, apoios à educação, alimentação e cuidados de saúde, apoio a projetos de promoção económica e social, entre outros. Tem também um Programa de Educação para o Desenvolvimento e a Cidadania Global e um programa de voluntariado que se dedica essencialmente à produção e distribuição de materiais educativos para vários níveis de ensino. 

Leia também  "Salesiana-mente", artesãos da paz e fraternidade na educação formal

Publicado no Boletim Salesiano n.º 560 de Janeiro/Fevereiro de 2017

Artigos Relacionados